Google+ Followers

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Quem não gosta da roça
Nem deve passar por aqui
Nóis vive no meio do mato
Bem mio que nessas cidades por aí.

Odilon Euzébio.





Saudades da roça
De andar beira rio, beira lama
Da garota na porteira que me chama.
Dos feixes de cana, garapa coar.
De no rio pular
Sem saber nadar
De contemplar ás estrelas a noite
De sentar frente á fogueira 
De ouvir casos e casos contar.


As recordações da infância
são as que nos aprisionam no tempo tem gosto gostoso 
e faz da saudade uma amiga.



quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

“Era uma casinha branca, na frente uma roseira, um lindo por do sol, uma musa na janela e eu me encantei por ela.”
Dario Nicolau




quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Lembranças de um tempo bom que não volta mais. Não volta: os risos trocados, os abraços apertados, as histórias antigas, as visitas das férias, os passeios de família… Agora tudo o que sinto é saudade. Jamais esquecerei cada momento que vivemos juntos.



segunda-feira, 26 de dezembro de 2016


Enquanto semeia sua horta com amor, dedicação, serenidade, honestidade e humildade lembre se que, Deus não lhe dará só os frutos, ajudara a carregá los !




Contemplando o crepusculo 
que precede as noites na roça,
ao longe, no vasto horizonte
de pasto;
entre grilos e sapos
regendo a canção natural
da maestra nature
Uma bica d'água
verte os sons
de suas notas correntes,
límpidas e cristalinas.
E vejo a estrada de chão
quase ofuscada pela noite nascente
na orquestra da noite na roça.
Warley Tomáz

domingo, 25 de dezembro de 2016

E não é que na simplicidade das coisas mora mesmo essa tal da felicidade !



sábado, 24 de dezembro de 2016

Nao quero saber de grandeza 
 Na roça é que tem beleza Viola, sanfona e violão E os versos que eu tiro do meu coração.




sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

O sol já vai esquentando...
Que cheiro bom vem do mato!
As árvores se debruçando
Sobre as águas do regato


quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Tem dias que nosso amanhecer é mais difícil. Quando olhamos pela janela não conseguimos perceber o sol, mesmo que seu brilho em um céu diáfano seja o mesmo do dia anterior.




Que ninguém se engane, só se consegue a simplicidade através de muito trabalho.
Clarice Lispector.



Um homem percorre o mundo inteiro em busca daquilo que precisa e volta a casa para encontrá-lo.



segunda-feira, 19 de dezembro de 2016



Viver em paz é você olhar para o mundo de consciência tranquila e não ter do que se envergonhar!!!


Quando rever é reviver

Preciso reviver, eu bem sei,
mesmo que só na lembrança,
voltar à minha antiga casa,
rever a minha infância
e todos os momentos felizes que lá passei.
Clarice Pacheco



sábado, 17 de dezembro de 2016

 Da minha janela vejo o mundo...
O crepúsculo de cada dia...
A sinfonia dos pássaros a cantar...
O sino do convento a badalar.
O cair da chuva
As gotas de sereno em noites de luar
O vento a me abraçar.



sexta-feira, 16 de dezembro de 2016

Minhas vaquinhas são tao mansinhas
que se deixar elas entram em casa
Todos dias elas vem me dar bom dia
Sao pequenas manadas que me da tantas alegrias
 em ver minhas vaquinhas me dando bom dia..



Só quero o meu cantinho. Meus livros, minhas músicas, o violão, as fotografias que gosto de olhar. Da janela, desejo sentir o vento, contemplar o sol, bulir o mar. No meu cantinho, o destino moldarei com passos calmos, pra lá e pra cá. Pés descalços na soleira, meu amor e a cafeteira, uma cachorrinha regateira e o infinito a me esperar.


quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

EITA VIDA BOA AQUI NO CAFUNDÓ.
DURMO COM AS GALINHAS E ACORDO COM O GALO CARIJÓ.



quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Nao perca as pequenas alegrias esperando pelas grandes felicidades.



Quando rever é reviver

Preciso reviver, eu bem sei,
mesmo que só na lembrança,
voltar à minha antiga casa,
rever a minha infância
e todos os momentos felizes que lá passei.
Clarice Pacheco


terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Lugar onde moro;
Tem musica nos ventos;
Tem brisa no relento;
E muitas estrelas para contar.
O lugar onde moro;
Tem morro; tem trilha;
Tem pedras de onde um dia,
As águas deviam rolar



segunda-feira, 12 de dezembro de 2016


Fiz a escalada da montanha da vida removendo pedras e plantando flores.
Cora Coralina